Central de Atendimento 54 3511.1664  |  24 Horas  |  vendas@unimed-as.com.br

Você está em Blog > Saúde e Prevenção > Um modo diferente de se expressar e reagir

Um modo diferente de se expressar e reagir

20/04/2022 | Saúde e Prevenção

Nos últimos anos tem sido comum escutar e tem se refletido sobre autismo. Isso porque, há 12 anos, foi instituído pela ONU, o dia 2 de abril como o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Segundo dados do CDC (Center of Deseases Control and Prevention), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos, existe hoje um caso de autismo a cada 110 pessoas. A estimativa no Brasil é de cerca de 2 milhões de autistas.

Apesar dos desafios enfrentados pelas pessoas com autismo, elas apresentam muitas qualidades, como conseguir lembrar por muito tempo de detalhes e acontecimentos, ter facilidade para aprender a ler e ter boas habilidades com músicas, números e arte, por exemplo. Tudo depende dos estímulos proporcionados.

Porém, existem muitas incertezas sobre o autismo, e como lidar com os portadores da síndrome. Primeiro, é importante entender que o autismo não é uma doença, mas sim um modo diferente de se expressar e reagir, que, apesar de não ter cura, não se agrava com o avanço da idade.  As causas do autismo ainda não são totalmente conhecidas, no entanto estudos mais atuais sugerem que os fatores genéticos, hereditários e ambientais, são os principais relacionados com o desenvolvimento do transtorno, e quanto mais cedo for realizado o diagnóstico e iniciado o tratamento, melhores serão a qualidade de vida e a autonomia da pessoa.

O autismo é um transtorno no desenvolvimento neurológico, que gera alterações na comunicação, dificuldade (ou ausência) de interação social e mudanças no comportamento. Geralmente é identificado entre os 12 e 24 meses de idade.  O diagnóstico de autismo em crianças e adolescentes deve ser feito por uma equipe multidisciplinar, que pode incluir pediatra, psicólogo, psiquiatra, fonoaudiólogo e neuropsicólogo. 

O diagnóstico também pode ser feito em adultos. No entanto, pode ser um pouco mais difícil. Muitos sintomas do autismo são similares a outros transtornos, como ansiedade ou transtorno de déficit de atenção. Por isso, é importante ficar atento a sintomas, como dificuldade de interação social e comunicação ou comportamentos repetitivos. Um neuropsicólogo ou psiquiatra podem fazer uma avaliação adequada.

Quanto ao comportamento, possuem algumas características específicas. A dificuldade de interação social, por exemplo, é vivenciada pela maioria. Por fazer pouco contato visual, possuem dificuldades em fazer amigos, além de não conseguirem expressar ideias e emoções. Assim, enfrentam problemas em iniciar ou manter uma conversa, compreender o ponto de vista de outras pessoas, entender brincadeiras. E muitas vezes deixam de responder ou demoram quando chamados.  Também ficam aborrecidos com pequenas mudanças nos hábitos.

Em geral, demonstram muito interesse por algo específico, como números, línguas, jogos, etc. O comportamento repetitivo é uma característica e pode se expressar na fala (frase, palavras) como nos gestos. Também enfrentam a falta de sono e apresentam nervosismo ou agitação frequentes. Estes sinais podem ser tão leves que algumas vezes acabam passando despercebidos, mas também podem ser moderados a graves.

Enfim, apesar de não ter cura, o tratamento, quando realizado de forma correta, pode ajudar a melhorar a qualidade de vida, a capacidade de comunicação e a autonomia da pessoa. No tratamento estão incluídos o uso de medicamentos e suplementos, sessões de fonoaudiologia, terapia comportamental e terapia em grupo. E assim, o autismo se apresenta como apenas um jeito diferente de viver.
 


Fonte: Associação Brasileira de Autismo Comportamento e Intervenção (ABRACI) / Ministério da Saúde

Compartilhe com os amigos!

Administração:
Rua XV de Novembro, 556, Centro
Fone/Fax: (54) 3511-1664

Clínica Ambulatorial e Cirúrgica:
Borges de Medeiros, 2340
Fone/Fax: (54) 3511-1664

Vacaria/RS

 

desenvolvimento Six interfaces

x
Usamos cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.. Aceitar