Central de Atendimento 54 3511.1664  |  24 Horas  |  vendas@unimed-as.com.br

Você está em Blog > Saúde e Prevenção > O sol na medida certa

O sol na medida certa

16/12/2021 | Saúde e Prevenção

O verão se aproxima e com ele os dias de praia, de caminhadas, de corpos expostos à incidência do sol. A exposição solar excessiva, sem proteção, pode provocar alterações celulares, levando ao desenvolvimento de câncer de pele. E as pessoas de pele clara, com pintas e manchas, idosos, quem se expôs muito ao sol e quem tem histórico de câncer de pele na família estão mais propensos a desenvolver este tipo de câncer.

Para alertar o público sobre o problema, a Sociedade Brasileira de Dermatologia criou, em 2014, a campanha Dezembro Laranja, com o objetivo de prevenir o câncer de pele, que é o tumor de maior incidência no Brasil. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil registra a cada ano em média 185 mil novos casos. É um dos mais comuns no país, ultrapassando os cânceres de próstata, mama, cólon e reto, pulmão e estômago.

A doença corresponde a 27% de todos os tumores malignos no país. Os cânceres de pele podem ser divididos em melanoma e não melanoma, e os mais frequentes são o carcinoma basocelular e o carcinoma espinocelular, menos agressivos, mas que podem causar lesões funcionais e estéticas. A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Essas células se dispõem formando camadas e, de acordo com as que forem afetadas, são definidos os diferentes tipos de câncer.

Tomar sol é essencial à vida, para reposição de vitaminas como a D e, até mesmo, influencia no humor. No entanto, os cuidados são essenciais para manter-se saudável e curtir os dias de calor sem danos no futuro.


CUIDADOS
 
- Evite a exposição excessiva à radiação solar, composta pelos raios UVB (responsável pela queimadura da pele) e UVA (ultravioleta), principalmente entre 10h e 16h.

- Radiação UVA – Os raios UVA penetram profundamente na pele e é a principal responsável pelo câncer da pele. Sua intensidade varia pouco ao longo do dia, sendo intensa não somente em dias de sol, mas também com o céu nublado, por isso é fundamental utilizar protetor solar diariamente.

- Tatuagem – Devemos redobrar os cuidados com elas, pois as tintas escuras usadas nas imagens podem encobrir possíveis lesões precursoras do câncer de pele.

- Usar filtro solar, boné, chapéu.

- Cuidado com o excesso de exposição solar.

- Faça um acompanhamento anual e periódico com um dermatologista para monitoramento de manchas, pintas e sinais que podem identificar o câncer de pele.

Compartilhe com os amigos!

Administração:
Rua XV de Novembro, 556, Centro
Fone/Fax: (54) 3511-1664

Clínica Ambulatorial e Cirúrgica:
Borges de Medeiros, 2340
Fone/Fax: (54) 3511-1664

Vacaria/RS

 

desenvolvimento Six interfaces

x
Usamos cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.. Aceitar