Central de Atendimento 54 3511.1664  |  24 Horas  |  vendas@unimed-as.com.br

Você está em Blog > Saúde e Prevenção > Outubro Rosa: unidos pela prevenção e controle do câncer de mama

Outubro Rosa: unidos pela prevenção e controle do câncer de mama

15/10/2021 | Saúde e Prevenção

Em 2021 a estimativa é de 66.280 casos novos de câncer de mama, segundo análise do Instituto Nacional de Câncer feita em 2020. Mas quando descoberto no início, a doença tem 95% de chance de cura. Vários estudos têm confirmado a importância da mamografia na redução da mortalidade pelo câncer de mama. Porém, com a pandemia muitas mulheres deixaram de lado os cuidados com a saúde. Por isso, mais do que nunca o Outubro Rosa, deve ser um mês onde todos, de alguma forma, devem estar envolvidos na conscientização do controle da doença.

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Há vários tipos. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. Ao contrário do que se imagina, o câncer de mama também acomete homens, porém é raro, apenas 1% do total de casos da doença. 



FIQUE ATENTA AOS FATORES DE RISCO!

O câncer de mama tem várias causas. A idade é um dos mais importantes. São identificados cerca de quatro casos, em cada cinco, após os 50 anos. Mas a prevenção é necessária desde sempre. Além disso:

- Obesidade e sobrepeso;
- Consumo de bebida alcoólica;
- Exposição frequente a radiações;
- Fatores genéticos/hereditários
- Tabagismo
- Sedentarismo


PREVENÇÃO É O MELHOR REMÉDIO

Cerca de 30% dos casos podem ser evitados com:

- Atividades Físicas;
- Manter o peso corporal adequado;
- Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
- Amamentar o seu bebê
- Não fumar e evitar o tabagismo passivo;
- Consultar periodicamente o médico ginecologista e fazer os exames recomendados, como a mamografia diagnóstica*.


* A mamografia diagnóstica é um exame realizado com a finalidade de investigação de lesões suspeitas da mama, pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico. Ainda assim, a mamografia diagnóstica não apresenta uma boa sensibilidade em mulheres jovens, pois nessa idade as mamas são mais densas, e o exame apresenta muitos resultados incorretos. Por isso, recomenda-se a mamografia de rastreamento em casos de nódulo ou outro sintoma suspeito. Para a investigação, além do exame clínico das mamas e da mamografia podem ser recomendados exames de imagem como ultrassonografia ou ressonância magnética. A confirmação diagnóstica só é feita, porém, por meio da biópsia, técnica que consiste na retirada de um fragmento do nódulo ou da lesão suspeita por meio de punções (extração por agulha) ou de uma pequena cirurgia. O material retirado é analisado pelo patologista para a definição do diagnóstico.



COMO PERCEBER O CÂNCER DE MAMA

Todas as mulheres, independentemente da idade, devem ser estimuladas a conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. Assim, a doença pode ser percebida em fases iniciais, por meio de sinais e sintomas como:

- Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor
- Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja
- Alterações no mamilo
- Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço
- Saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos



TRATAMENTO

Muitos são os avanços no tratamento do câncer de mama nas últimas décadas. É importante ressaltar, novamente, que o potencial de cura está relacionado com o diagnóstico inicial. Portanto, o tratamento depende da fase em que a doença se encontra e do tipo de tumor. Isso quer dizer que pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica (terapia alvo).
 


OUTUBRO ROSA - O MOVIMENTO QUE SALVA VIDAS

O Movimento Internacional Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data tem o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. Assim, tem promovido o diagnóstico precoce e salvado muitas vidas.

 

Compartilhe com os amigos!

Administração:
Rua XV de Novembro, 556, Centro
Fone/Fax: (54) 3511-1664

Clínica Ambulatorial e Cirúrgica:
Borges de Medeiros, 2340
Fone/Fax: (54) 3511-1664

Vacaria/RS

 

desenvolvimento Six interfaces

x
Usamos cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.. Aceitar